Destinos Internacionais

Lima Revisitada – Roteiro de 4 Dias

16 de março de 2019

Chegada em Lima e Circuito Mágico del Agua

Para aqueles que não sabem, morei em Lima, Peru, por 7 semanas em 2013. Ano passado, pude retornar à cidade (com família e namorado) para o casamento da minha host sister. Foi uma ocasião muito especial e um momento incrível para reviver minhas memórias nessa cidade maravilhosa, visitar lugares novos e reencontrar os amigos peruanos. Nesse post mostro o roteiro que fizemos em Lima nesses 4 dias na cidade.

Na primeira noite, quis levar o pessoal no Circuito Mágico del Agua. Da outra vez, fui bem no final da viagem e foi super rápido, as fotos ficaram péssimas e não deu tempo de ver tudo, mas eu já tinha ficado encantada.

Dicas úteis: funciona das 15h às 22h30 e a entrada custa 4 soles (moeda local), equivalente a uns 5/6 reais. A atração principal é o espetáculo multimídia, que ocorre às 19h15, 20h15 e 21h30 e fica bem na entrada do parque. Vale a pena se programar para ver essa dança das águas, que mostra imagens e músicas do país, e depois seguir o passeio. Site com mais informações: http://www.circuitomagicodelagua.com.pe/

Paramos para fazer um lanche e matei as saudades de comer picarones, feitos de uma massa doce de farinha de trigo e batata doce (camote, a melhor do Peru) e banhados em mel.

Ruínas Huaca Pucllana e Parque do Amor

No segundo dia, decidimos visitar as Ruínas Huaca Pucllana, as quais não conhecia ainda. É um impressionante sítio arqueológico milenar no meio da cidade, e o bairro da região se desenvolveu ao seu redor. O complexo ocupa 150 mil m² e fica aberto de quarta à segunda, das 9h às 17h. Os achados remontam à época pré-inca, no século V, e as construções foram feitas com adobe, material considerado parente dos tijolos.

O local é dividido em dois setores: o da pirâmide e o das cerimônias, em que se realizavam combates, cultos aos deuses e enterros. Até pouco mais de 30 anos, o local não era conservado, muito menos aberto para visitação. Foi realizado um processo de escavação e preservação das ruínas, por parte do governo municipal, para resgatar a origem do povo peruano. Ainda há muito a ser feito, mas já pode colocar aí na lista de atrações imperdíveis em Lima.

Ao final da visita guiada, há um espaço com lhamas, alpacas e outros animais, além de plantações de verduras e frutas. As informações sobre a entrada (de aproximadamente 20 reais) encontram-se aqui: http://huacapucllanamiraflores.pe/horariosytarifas/

O passeio noturno parece ser lindo também, mas não pudemos voltar à noite. Fica para uma próxima…

Lhama-01
Lhama

Saímos no início da tarde para almoçar com a minha família hospedeira, no shopping Larcomar, que tem uma vista maravilhosa para a costa de Lima e um acesso direto ao Parque do Amor, que é caminho para os voos de parapente. Eu não tive coragem de pagar 100 dólares por 15 minutos, mas fica a dica para quem tiver =)

Obs.: O shopping e o parque ficam no bairro de Miraflores, um dos mais bonitos e mais conhecidos na cidade.

Depois, corremos para o Barranco, a tempo de pegar o pôr do sol. Esse bairro é bastante artístico, tem feiras artesanais, a famosa Puente de los Suspiros, e uma passarela que leva à praia, local perfeito para passar o final da tarde.

Por-do-Sol
puente-de-los-suspiros

O Barranco é considerado o lugar mais boêmio da cidade, e foi lá que nos encontramos com uns amigos à noite. Nós fomos no Feria Bar, que serve umas porções diferenciadas de petiscos e tem um ambiente externo bem legal!

Esse meu amigo é viciado em Paçoquita e a gente combinou de trocar nossos doces preferidos. Não deixem de comer o chocolate Sublime!

Barranco

Museo Larco, Almoço Típico Peruano e Casamento

O terceiro dia foi mais curto porque tínhamos o casamento para ir a partir das 19h. Conseguimos visitar o Museo Larco (o mais importante do país, figurando na lista dos 25 melhores museus do mundo, segundo o Trip Advisor). Fica no bairro Pueblo Libre, com ingresso (inteiro) a 30 soles e abre de segunda a domingo, das 9h às 22h.

São mais de 5 mil anos de história peruana, representada por tecidos, armaduras, jóias, esculturas, objetos e muito mais. Além da exposição permanente, há uma sala de arte erótica pré-colombiana, que retrata uma diferente abordagem da sexualidade na época, e um depósito visitável, com mais de 30 mil peças arqueológicas.

Por fim, sei que existe um café/restaurante muito bem avaliado no lado de fora, mas não chegamos a comer nele. Se fosse para escolher um local histórico em Lima, certamente seria o Museo Larco. Site do museu: http://www.museolarco.org/

Museo-Larco
Museo-Larco-03
Museo-Larco-01
Museo-Larco-04

No final da tarde, comemos na La Lucha Sangucheria Criolla, a melhor rede de sanduíches da cidade. Estávamos hospedados em Miraflores, então fomos na La Lucha que fica perto do Parque Kennedy. Meu pai pediu um prato típico com porco e legumes, e uma cusqueña. Eu pedi um sanduíche de abacate (palta, que é diferente do nosso) com pisco sour.

Prove tudo o que puder da culinária/gastronomia peruana, tem comidas e bedidas para todos os gostos e é tudo muy rico! Além de ceviche, recomendo comer papas a la huancaína, lomo saltado e arroz chaufa (uma herança da colonização chinesa no país), provar os diferentes tipos de pisco sour, cervejas e chicha morada.

Prato-Porco
WhatsApp Image 2019-03-16 at 20.17.55

À noite, fomos à cerimônia religiosa, seguida de festa, e nos preparamos para os últimos dias de viagem…

Parque de las Leyendas e Península La Punta

Dormimos um pouco mais no dia seguinte e, seguindo dicas de uma outra amiga, fomos ao Parque de las Leyendas. Não esperava muito de um zoológico (que não me agrada, normalmente) mas foi um dia bem lindo e aproveitado. É enorme, então recomendo ir com roupas e sapatos confortáveis e se preparar para caminhar! Nesse parque também tem umas ruínas, ainda sendo escavadas, e uma galeria que explica todo esse processo.

Descobrimos, no final do passeio, que tem uma mini Machu Picchu lá dentro do parque. Para quem nunca foi à de verdade, acho que vale a visita =)

Obs.: Recomendo almoçar antes de ir ao parque, nós chegamos depois das 13h e já não tinham muitos restaurantes abertos.

Nesse dia, combinamos de jantar com a família da amiga que indicou o passeio por Lima. São todos muitos queridos e receptivos. Comemos pollo a la brasa (um frango inteiro que vem com batata frita) e tomamos Inca Kola (o refri mais famoso do Peru).

Na janta, disseram que devíamos visitar a península La Punta, no bairro de Callao, e o centro histórico. Foi exatamente o que fizemos no nosso último dia na cidade!

Como disse, fomos à península (que eu nem sabia que existia até então). É um lugar incrível. Fica um pouco afastado de onde estávamos mas queríamos muito ir… acho que foram uns 30 minutos de carro, saindo de Miraflores. Almoçamos lá mesmo, e o pedido foi um ceviche bem típico e completo!

Centro Histórico de Lima e Jantar de Despedida

Para finalizar os passeios, demos uma passada rápida no centro histórico de Lima. Não entramos nas igrejas e biblioteca porque tínhamos pouco tempo. Aproveitamos para comprar lembrancinhas, como chaveiros, lenços e pratos de parede (fazemos coleção aqui em casa) e tecidos, toalhas e americanos com as cores vibrantes que costumamos ver quando se fala no país.

Caso lhe interesse, basta procurar os lugares que mais chamam sua atenção e reservar, pelo menos, uma manhã ou tarde inteira para passear por lá. Evite estar no centro por volta das 18h, é muito caótico e tumultuado. Esqueci de comentar antes, mas o trânsito é realmente bizarro e horrível na cidade inteira.

Centro-Historico-Lima
Centro-Historico-Lima-03

Como despedida, jantamos com as duas famílias que tão bem nos receberam (a minha família hospedeira e a família da minha outra amiga que veio para o Brasil com a Márcia, minha host sister que casou). Eles escolheram jantar no La Tranquera, que é bastante conhecido pelo o que entendi. Finalmente, nossos amigos nos encontraram lá e fomos tomar nossos últimos drinks em terras peruanas.

Sou suspeita para falar de Lima. Lá, vivi momentos inesquecíveis e conheci pessoas maravilhosas. Ter retornado após 5 anos foi renovador e enriquecedor. Raramente volto aos mesmos lugares que já conheço, mas o Peru e o Uruguai (alerta de post! Por enquanto você pode dar uma olhada nessa road trip que passa pelo Uruguai) são dois países que moram no meu coração.

Hasta pronto, gente! Ha sido un gusto =)

Peru, te quiero y te extraño.

Você também pode gostar de…

1 comentário

  • Avatar
    Reply Andréia Gabriel 16 de março de 2019 at 21:14

    Uallll parece mesmo fantástico 😁

  • Deixe o seu comentário

    Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com