Destinos Internacionais

5 dias em Londres, é possível?

3 de maio de 2016

Minha primeira viagem pra Londres foi num mochilão com mais 30 amigos do colégio e, incrivelmente, eu fiquei apenas DOIS DIAS EM LONDRES. Então 5 dias em Londres, é possível, sim! Mas o grande problema em escrever sobre o que fazer em Londres é que tudo depende das pessoas que estão viajando, pois todos temos gostos diferentes, expectativas diferentes e piques diferentes. Então hoje eu farei um roteiro tradicional pra quem nunca viajou pra terra da Rainha e no futuro vou incrementando com outros roteiros de carro, de bicicleta, de ônibus de turismo, entre outros. Ah sim, para que esse passeio seja possível, é preciso ter muito pique e muito dorflex… o bom mesmo é sempre deixar coisas pra fazer, assim dá aquela vontade de voltar.

Vou começar contando que o primeiro dia é praticamente um dia perdido, pois chegamos cansados de uma viagem longa. Eu sugiro pegar esse restinho de dia e passear ao redor do seu hotel, hostel ou Airbnb e achar o Tesco (maior rede de supermercados da Inglaterra) mais próximo e comprar uns lanchinhos para carregar durante as caminhadas (sim, terão muitas caminhadas).

Dia 1: Passeio pela beira do rio Tâmisa

Comece bem cedo e com um café reforçado em direção à Torre de Londres (Tower of London), já que a viagem é curta, você pode reservar uma hora e meia (no máximo) para a visita, já que lá dentro é gigantesco e tem muita coisa pra ver ou você pode apenas dar a volta na torre e seguir a diante (eu recomendo muito a visita). Depois vá até a Tower Bridge e quando chegar lá, suba e atravesse ela e tire muitas fotos porque o lugar é lindo!

Informações sobre os passeios:

Tower of London

A torre abre de terça à sábado das 9h às 16h30min e domingo e segunda das 10h às 16h30min (todos os dias o último horário de entrada é as 16h). Os ingressos para adultos é £25, se você comprar online fica £23,50 (pra isso clique aqui) e a meia-entrada é £12 ou £10,50, seguindo o mesmo esquema do ingresso adulto. Ainda existe a possibilidade de alguns combos de ingresso com adulto e criança, então é bom dar uma olhadinha no site antes. Dica: no site existe um guia para planejar sua visita dependendo do tempo que você gostaria de ficar lá (acesse aqui).

Tower Bridge

A ponte pode ser atravessada sem subir lá em cima, mas a graça é ver como foi construída e olhar os carros de lá do alto. O ingresso para adultos é £9 e, caso compre pela internet fica £8 e o ingresso infantil é £3,90 ou £3,50. Há também a possibilidade de entrada de estudante e idoso que fica £6,30 ou £5,65. Crianças menores de 5 anos não pagam. Para adquirir os ingressos online clique aqui. Os horários para a subida de abril até setembro é das 10h até às 17h30min e de outubro até março das 9h30min até 17h.

Assim que você atravessar a ponte, vá para a direita e continue caminhando. Quando você chegar perto da London Bridge, você verá o The Shard, o prédio mais alto de Londres, e você pode subir porque a vista é linda! Passando a London Bridge, você avistará o Shakespeare Globe, um teatro a céu aberto em homenagem ao escritor, e o Tate Modern, um dos museus de arte moderna mais conhecidos do mundo. Do outro lado do rio, você verá a pontinha da Catedral de St. Paul e, dessa vez, a ponte que liga os lugares é a Millennium Bridge (sim, aquela do Harry Potter). Aqui, infelizmente, você terá que escolher entre o Tate Modern e a Catedral, ambos são passeios imperdíveis (mas um você terá que deixar pra próxima). Nesse momento você já deve estar faminto, portanto dê uma parada para o almoço, antes de fazer os passeios. Logo atrás do Tate Modern, existe uma feirinha, que funciona das quintas aos sábados, a Borough Market. Caso seja outro dia, uma boa pedida é parar no Founders Arms, um pub bem em frente ao Tate Modern, com vista para o rio Tâmisa.

Se você escolheu visitar o Tate, antes de entrar atravesse a Millennium Bridge e visite a Catedral de St. Paul e aproveite para tirar umas fotos. Depois volte e vá visitar o museu.

Informações sobre os passeios:

 The Shard

Você pode subir no prédio das 10h às 22h entre abril e 24 de outubro. De 25 de outubro até março: de quinta à sábado entre 10h e 22h, de domingo à quarta entre 10h e 19h. Os ingressos para adultos é £25,95; para estudantes £20,95; e para crianças £19,95. Sempre bom lembrar que esses são os preços dos ingressos comprados com antecedência e que você dispõe de 30 minutos lá em cima. Você pode adquirir seus ingressos aqui.

Tate Modern

Aberto das 10h às 18h de domingo à quinta e das 10h às 22h nas sextas e nos sábados. A entrada é franca.

Catedral de St. Paul

A Catedral abre para o público às 8h30min e fecha às 16h30min, de segunda à sábado. Os ingressos para adultos é £18, para estudantes e idosos £16 e para crianças £8 (compre seus ingressos aqui).

Agora você terá que apertar o passo e continuar indo na mesma direção. Logo você chegará na London Eye e essa é a hora de você subir nela! Você pode comprar os ingressos pela internet e existem vários combos de ingresso para vários passeios turísticos (post para mais tarde). Meia hora é o tempo que você leva pra dar a volta completa, ainda existe tooooodo o tempo da fila, que dependendo do horário é enorme! Mas o passeio é lindo e o esforço vale a pena.

Informações sobre o passeio:

London Eye

Os ingressos para dar a volta na roda-gigante para adultos é £21,20; para crianças entre 4 e 15 anos £16,10; e para crianças menores de 4 anos a entrada é franca. Ela funciona das 10h às 21h. É sempre bom dar uma olhada no site tanto para conferir os horários quanto para ver os combos de ingresso que falei antes.

Antes de você sair correndo para atravessar o rio e tirar foto no Big Ben e mandar pra todo mundo, embaixo da Westminster Bridge, existe um local para tirar foto do parlamento e do Big Ben (e livre de turistas). Última parada: Big Ben! Tire muitas, mas muitas mesmo, fotos e aproveite esse momento!

Dica: atrás do Big Ben existe uma praça, a Parliament Square, atravesse a Parliament Street e você verá dois orelhões (daqueles lindos de Londres) lá você não pode deixar de tirar uma foto com o Big Ben como essa:

Orelhão + Big Ben

Fazendo mais algumas andanças atrás do Big Ben e do parlamento, chegamos na Abadia de Westminster, a igreja mais conhecida de Londres e talvez do Reino Unido. Para o jantar, recomendo fortemente a Pizza Express, mas existem diversos restaurantes na volta, principalmente do outro lado da ponte, atrás da London Eye. Tem também um pub, que fica em frente ao rio Tâmisa, o County Hall Arms, pra finalizar o dia olhando o Big Ben e bebendo um pint. E agora é hora de voltar pro hotel e descansar muito pro próximo dia!

Informações sobre os passeios:

Abadia de Westminster

Se você deseja muito entrar na Abadia, você terá que deixar de fazer algum passeio e começar por ela e fazer o passeio ao contrário, pois o horário de funcionamento para visitas é das 9h30min até às 14h30min. Sinceramente, eu acho que não vale a pena. Os ingressos para adultos fica na faixa de £20; para crianças de 6 até 16 anos é £17; e para crianças menores de 5 anos acompanhadas por um adulto a entrada é franca.

Dia 2: Palácios, museus e parques

O dia começa com um dos passeios mais tradicionais de Londres: a troca da guarda. Você deve chegar cedo (no mínimo uma hora e meia antes, se quiser uma visão privilegiada), pois uma hora antes já está cheio de gente para assistir. Se você estiver disposto a grandes caminhadas de novo, sugiro chegar pela estação Charing Cross (do metrô) e caminhar até o Palácio de Buckingham, pela The Mall (uma rua que vai até o Palácio). O melhor lugar para assistir a troca da guarda é na praça do outro lado da rua.

Se você estiver indo no verão (em agosto, na verdade), terá a chance de conhecer o Palácio de Buckingham por dentro (nunca fiz esse passeio, pois sempre fui no inverno, mas deve ser maravilhoso). Mas também vai depender se você gostaria de deixar de fazer algum passeio para visitar.

Informações sobre os passeios:

Troca da Guarda

A cerimônia acontece pontualmente às 11h e dura cerca de 30 minutos. Entre maio e julho, ocorre diariamente e no restante do ano em dias alternados. A melhor forma de se programar é checar no próprio site, onde tem a programação para os próximos três meses.

Palácio de Buckingham

As visitas ao palácio estão abertas no período de 1º de agosto até 27 de setembro. O horário em agosto é, diariamente, das 9h30min às 19h30min (última entrada às 17h15min). Em setembro, diariamente, das 9h30min às 18h30min (última entrada às 16h15min). A duração média do passeio é de duas horas e meia. O ingresso para adultos é £21,50; para estudantes e idosos £18,80; para menores de 17 anos £12,30; e para menores de 5 anos a entrada é gratuita. Veja mais detalhes no site.

Seguindo pelo Green Park (pela Constitution Hill), você passará por um memorial das forças armadas que serviram na Primeira e Segunda Guerra Mundial. Atravessando a rua, você chegará no Hyde Park. Caminhe, caminhe e caminhe mais ainda! Conheça todo o parque! Vá até o outro lado do parque, mas deixe o Albert Memorial por último (explico depois). Quando chegar no fim, você estará no Kensington Gardens (lugar maravilhoso!) e chegará finalmente no Kensington Palace, onde a Princesa Diana morou e atualmente os atuais residentes são o Duque e a Duquesa de Cambridge. Agora você deve estar morrendo de fome, acertei? Procure um lugar delicioso para almoçar, perto do Kensington Palace, ali existem vários. Para um almoço/lanche barato e saudável, recomendo um Whole Foods que tem na Kensington High St.

Informações sobre os passeios:

Kensington Palace

O palácio fica aberto durante os meses de março e outubro entre às 10h e às 18h (atenção: a última entrada é às 17h). O passeio custa £18,50 para adultos e é de graça para menores de 16 anos. Ah, estudantes e idosos pagam £13,20. Esses são os preços para ingressos adquiridos online, que você pode comprar aqui(Quando eu fui não cheguei a entrar, então não sei dizer se vale a pena ou não o passeio. Mas por fora é lindo, imagina por dentro…)

Pronto pro resto do dia? Agora vá em direção ao Albert Memorial e dê uma olhada no quão lindo é o Royal Albert Hall. Continue na redondeza, aproveitando cada detalhe das casas e da vizinhança. Caminhe em direção aos museus: História Natural, Victoria & Albert e o Science Museum. Se não quiser visitá-los, não tem problema! Os próprios prédios já são lindos por fora. Agora, para terminar o dia, você vai para a Harrods (a mais luxuosa e exclusiva loja de departamentos do mundo), tem 90.000m² de espaço apenas para venda (enorme). Não, você não precisa comprar nada lá, mas o lugar por dentro é lindo e tem uma praça de alimentação que é uma delícia!

Informações sobre os passeios:

Museu de História Natural

A entrada é franca e o horário é das 10h às 17:50, sendo que só pode entrar até às 17:30.

Victoria & Albert Museum

A entrada também é franca e o horário é das 10h às 17:45. Nas sextas o horário é mais extendido, abrindo no mesmo horário porém fechando às 22h.

Science Museum

A entrada é franca e o horário é das 10h às 18h. Há a possibilidade de comprar ingresso para o filme IMAX, para os simuladores e algumas exibições especiais.

Dia 3: Mais museus e comprinhas!

Primeira parada (e bem longa): British Museum (ou Museu Britânico). Essa é a hora que conhecemos um pouco da história da civilização humana. O tempo que você vai ficar no museu, depende apenas de você. Existe a possibilidade de fazer um tour guiado, que dá maiores informações sobre as principais peças do museu (mas só vai valer a pena se você domina a língua inglesa).

Informações sobre os passeios:

Você pode visitar o museu das 10h às 17h30min, exceto nas sextas que é até às 20h30min. A entrada é franca.

Quando sair do museu, caminhe pela Oxford Street e quando chegar ao final, dê a volta e continue pelo outro lado da rua. Entre na esquina com a Regent St e siga conhecendo as lojas das marcas mais famosas do mundo (aproveite para comprar tudo nesse dia). Você passará pela Hamleys (a melhor loja de brinquedos do mundo). Entre! Pois vale a pena conhecer cada andar dessa loja maravilhosa. A Hamleys foi fundada em 1760, hoje possui 5 andares de muito brinquedo e é uma das lojas de brinquedo mais famosas do mundo (fico empolgada só de lembrar). E também vale a pena destacar a loja da National Geographic.

Informações sobre os passeios:

As lojas da Oxford Street ficam abertas de segunda à sexta das 9h às 22h, aos sábados das 9h às 21h e aos domingos das 12h às 18h. Hamleys: aberta das 10h às 21h.

Seguindo pela Regent St, você vai acabar na Piccadilly Circus (nessa hora você passa reto, mais tarde voltaremos aqui – pois ainda é dia e a graça é ver à noite). Entre na Haymarket St e continue até a Trafalgar Square. Agora você pode tirar foto com os leões e com o monumento que celebra a batalha de Trafalgar, uma vitória da Marinha Inglesa nas Guerras Napoleônicas. No Natal, é onde se celebra a inauguração da Árvore de Natal londrina e também o ano novo.

Curiosidade para quem é fã de Harry Potter: em julho de 2011, a premiere de Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 foi realizada lá também, foi a primeira e única vez que um filme teve uma premiere na praça.

Depois entre no The National Gallery, que tem mais de 2.300 pinturas em seu acervo e é considerada uma das galerias mais importantes do mundo. Lá tem pinturas expostas de artistas como Botticelli, Monet, Van Gogh, Leonardo da Vinci, entre outros. Nesse museu vale a pena pegar o áudio-guia, pois tem um disponível em português, que mostra os highlights do museu e a visita dura cerca de uma hora.

Informações sobre os passeios:

The National Gallery

O ingresso é gratuito e o museu fica aberto diariamente das 10h às 18h, e nas sextas o horário é prolongado até às 21h.

Entre à esquerda na Charing Cross Rd (do outro lado de onde você chegou), entre à esquerda na Cranbourn St e caminhe até a Leicester Square, a praça onde acontecem as premieres dos filmes. Aqui não tem muita coisa pra se ver, mas vai que tá rolando algum lançamento de filme né?

Atravesse a Leicester Square e logo em frente tem a M&M’s World (que só vai valer a pena se você nunca foi ou está com alguma criança pois está sempre lotadíssimo). Continue na mesma direção e finalmente você verá a Piccadilly Circus à noite. Muita gente considera essa região o coração de Londres (pra mim o coração dos turistas é o Big Ben e a London Eye). Ali existem mil lojas famosas, mas o que faz o lugar ser tão famoso são os painéis luminosos e a fonte com a estátua do Eros. Cuidado ao atravessar a rua ali, pois além da mão ser ao contrário da nossa, existe um grande movimento de carros por causa da conexão de quatro ruas importantes.

Por aqui terminamos o dia de hoje, porém você pode continuar caminhando pela Regent St e dar uma olhadinha na Carnaby St, uma ruazinha linda, cheia de lojas tanto famosas quanto mais alternativas, paralela à Regent St. Nessa região existem milhares de restaurantes deliciosos. Se você gosta de hambúrguer, eu recomendo o Kua ‘Aina (restaurante com tema havaiano que serve hambúrgueres e outros pratos), é uma delícia! Eu sei que você deve estar podre de cansado nessa hora, mas pire bastante pois é um dos lugares mais movimentados da cidade e as lojas ficam abertas até mais tarde.

Dia 4: Abbey Road, Sherlock Holmes, Madame Tussauds e mais caminhada!

Acorde cedo! Hoje é o dia de conhecer a famosa 221b Baker Street e a Abbey Road (caso você seja fã de Beatles, claro). Comece o dia pela estação St. John’s Wood e logo na saída do metrô você já vai ver uma lojinha dos Beatles. Siga pela Grove End Rd e na esquina com a Abbey Rd você verá o pessoal tentando atravessar na faixa. Pode atravessar a vontade, pois os motoristas têm a maior paciência para esperar. E claro, não esqueça de avisar um dia antes seus amigos e familiares para eles verem vocês pela crossing cam. Pegue o ônibus 139 ou 189 até a Baker St e continue o passeio que está descrito abaixo.

Se você quiser pular a Abbey Road, chegue pela estação Regent’s Park (sim, eu vou te fazer caminhar mais) e dê uma volta pelo parque que dá nome à estação, de preferência em direção à esquerda. Nesse parque também tem o London Zoo (o zoológico mais antigo do mundo), porém teremos que deixar pra próxima. Indo para a esquerda, você verá um lago e nele tem uma ponte, atravesse ela e chegará na Baker Street. Quando você enxergar um burburinho é porque você chegou na casa do Sherlock Holmes.

Depois que você terminar a visita, tem uma lojinha no primeiro andar do museu, onde tem vários jogos temáticos do Sherlock e vários itens colecionáveis.

Caso você seja fã dos Beatles, ao lado do museu do Sherlock Holmes tem uma loja muito fofa só de artigos dos Beatles. A lojinha é cheia de camisetas e outros itens colecionáveis, quando fui lá comprei alguns posteres, discos e camisetas.

Informações sobre os passeios:

Museu do Sherlock Holmes

A entrada custa £15 para adultos e £10 para menores de 16 anos. Aberto todos os dias das 9h30min às 18h.

Continue caminhando pela Baker Street até a Marylebone Rd, nela entre à esquerda e logo você enxergará uma estátua do Sherlock Holmes (sim!) e mais adiante chegará no Madame Tussauds. O museu é bem divertido e você pode tocar e tirar muitas fotos com vários famosos. Alguns dos famosos que estão expostos lá: a Família Real (óbvio), os Beatles, Churchill, Hitler, Margaret Thatcher, Elvis Presley, Amy Winehouse, Princesa Diana, Freddie Mercury, Pelé e muitos outros.

Informações sobre os passeios:

Madame Tussauds

O museu de cera fica aberto de terça à sexta das 9h30min às 17h30min e de sábado à segunda das 9h às 18h. O ingresso para adultos é £23,79 e para crianças entre 4 e 15 anos é £20,65 (esses valores correspondem a ingressos comprados online que podem ser adquiridos aqui). Relembrando que é sempre bom dar uma olhada, pois existem muitos combos de ingresso com outras atrações.

Assim que você terminar o museu, pegue o ônibus 27 (a parada é quase em frente à estátua do Sherlock Holmes) e ele vai levar você até Camden Town (pra mim, um dos melhores lugares da cidade). Caminhe em direção ao Camden Lock e não esqueça de olhar as lojinhas! Ao contrário do que você pensa, o estranho em Camden Town é você. Quando você passar pelo escrito “Camden Lock”, chegará numa feirinha que na verdade é bem grande. Observe tudo em todos os lugares, pois provavelmente esse vai ser um dos lugares mais exóticos que você já foi.

No Camden existem vários restaurantes brasileiros, particularmente nunca fui em nenhum. Mas o que não falta são opções para comer, principalmente na feira, pois ao meio dia é cheio de gente pra descolar um almoço delicioso nas barraquinhas. Não esqueça de passar na loja Cyberdog! Ela é completamente maluca e retrô.

Termine o dia num pub que tem lá no alto do Camden Lock Market. Lá tem uma música deliciosa ao vivo e muitos pints!

Informações sobre os passeios:

Camden Lock Market

As lojas ficam abertas diariamente das 10 às 18h. Sempre há excessões quanto aos horários, pois algumas lojas fecham mais cedo e outras mais tarde.

Infelizmente o mapa não dá a possibilidade de colocar um trecho de ônibus, portanto ignore a parte de caminhada até Camden Town e vá de ônibus como disse anteriormente.

Dia 5: Mercadinhos de Londres

Esse dia precisa ser encaixado num sábado.

Hoje o dia é light… quer dizer, são duas feirinhas portanto você até vai caminhar bastante mas vai ser menos cansativo. Esse dia você também pode substituir por algum outro passeio que seja do seu gosto e não seja tão basicão assim.

Enfim… comece o dia em Notting Hill e aproveite para conhecer um dos bairros mais bonitos da cidade. Chegue pela estação Notting Hill Gate e caminhe em direção à Portobello Rd. O mercado tradicional só acontece nos sábados, em junho, julho e agosto tem muita gente! Esse é o momento pra comprar aquelas coisinhas inúteis porém fofas, antiguidades, roupas de brechó e se você souber: pechinchar bastante. A rua tem muitas opções de restaurantes, não sei de nenhum para dar as dicas, mas tenho certeza que todos eles devem ter opções gostosas.

Depois pegue o metrô para o Old Spitalfields Market. É um mercadinho que tem de tudo um pouco: roupas de designers independentes, bijuterias, arte, comidinhas e acessórios de tudo que é tipo para casa. Além das barraquinhas ainda tem lojas e muitos restaurantes. Atrás do Old Spitalfields, tem o Brick Lane, onde tem vários restaurantes indianos ou lojinhas de bagels.

Informações sobre os passeios:

Portobello Road Market

Aberto de segunda à quarta das 9h às 18h; nas quintas das 9h às 13h; nas sextas e sábados das 9h às 19h; e aos domingos não abre. O sábado é o único dia que todas as lojas estão abertas, nas sextas há possibilidade de algumas estarem fechadas.

Old Spitalfields Market

O mercadinho abre de domingo à sexta das 10h às 17h e aos sábados das 11h às 17h. Os food trucks e tendinhas abrem de segunda à sábado até às 21h. Se você quiser dar uma olhada nas lojinhas que têm lá, clica aqui, e aproveita e já confere o horário de funcionamento.

Brick Lane

As lojas abrem principalmente nos sábados e domingos, das 9h às 17h. Muitas lojas abrem durante a semana também.

Novamente o percurso do metrô ficou ruim. Você deve ir até a estação Ladbroke Grove e pegar a Circle ou a Hammersmith City para o Old Spitalfields Market.

Você também pode gostar de…

1 comentário

  • Reply rodolfo tschope 3 de maio de 2016 at 22:45

    wooow, deu até (mais) vontade de ir, agora.

  • Deixe o seu comentário

    Powered by themekiller.com anime4online.com animextoon.com apk4phone.com tengag.com moviekillers.com